Crianças e organização

ENSINANDO CRIANÇAS A ORGANIZAR SEUS BRINQUEDOS

ensinando crianças a organizar seus brinquedos

Crianças brincando dentro de casa nem sempre é significado de sossego para os pais, principalmente quando envolve bagunça e sujeira.

Fazer com que as crianças consigam manter seu ambiente limpo e organizado é uma missão para os pais, que devem ensiná-los a lidar com isso logo na primeira infância. A partir três anos, já podem ser introduzidos procedimentos de organização na vida da criança. Elas não entendem o porquê de fazer, mas fazem a partir do momento em que os pais começam a brincar com o lado lúdico da organização.

Se a criança tem capacidade de brincar, também tem capacidade de guardar. Brincadeiras como ‘quem guarda mais rápido’ ou ‘quem guarda mais brinquedos’ podem funcionar bem.
Dessa forma eles nem vão perceber que estão arrumando a casa. No dia seguinte, antes da brincadeira, os pais podem começar um “jogo da memória”, perguntando à criança onde está tal brinquedo.

Por questão de segurança, apenas prateleiras e móveis mais baixos, que fiquem ao alcance das crianças, devem ser usados. É possível separar os brinquedos por tamanho, categoria, idade. Para esses casos, o melhor é usar caixas organizadoras transparentes, pois assim não será necessário espalhar todos os brinquedos para procurar o que se quer brincar.
Quando a criança aprende a guardar os brinquedos, ela vai saber onde eles estão quando quiser brincar novamente. Esse tipo de atitude dos pais incentiva a criança a organizar e criar uma certa independência.

Para a criança é importante criar uma rotina. Criança brinca e guarda os brinquedos todos os dias. Os pais devem ajudar e estimular até o momento em que se percebe que a criança já faz sem instrução, apenas por repetição.
Quando o hábito de organizar não foi instituído desde pequeno, talvez a criança precise de estímulos, como uma recompensa depois de cada trabalho realizado. É importante que isso seja deixado de lado com o tempo. Dependendo da faixa etária, as crianças podem ser muito resistentes às ordens. A dica é montar uma lista de afazeres e deixar que escolham o que querem fazer.

O momento de organizar o quarto também pode ser uma boa hora para ensinar os filhos a dividir seus brinquedos. Uma vez ao ano eles devem ser convidados a escolher aqueles dos quais tiverem se cansado de brincar para doar a instituições de caridade.

Aos três anos as crianças já conseguem colocar seus brinquedos de volta em seus lugares, limpar com um pano o lugar na mesa onde comeram, colocar suas roupas sujas no cesto e agrupar objetos que estejam espalhados.
Dos quatro aos cinco anos de idade, as crianças aprendem como organizar melhor suas coisas, conseguem separar e ajudar na arrumação das compras de supermercado.
Crianças de seis a oito anos podem ser ensinadas a arrumar suas camas, regar as plantas, dobrar e guardar suas roupas limpas, ajudar a pôr a mesa, ajudar a lavar o carro e manter seu próprio quarto limpo. É preciso lembrar que as tarefas devem ser de curta duração e que os pais devem achar todo o esforço válido.

Esses ensinamentos são tão importantes quanto o ensino dos cuidados com a higiene pessoal. Depois dessas lições, a criança estará mais preparada para viver em sociedade, realizar tarefas em equipe e conviver com outras pessoas.